Meditação

A cura da ansiedade infantil através da meditação

A cura da ansiedade infantil através da meditação
Junte-se a mais de 6 mil pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Atualmente, há uma grande tendência para o nervosismo – e isso se reflete na vida das crianças! Você pode até tentar ajudá-las, mas nem sempre conseguirá. Quando percebe, a situação já saiu do controle… E quando você menos espera, os pequenos estão sofrendo um ataque de ansiedade!

Isso já aconteceu com você? Essa situação vem se repetindo na vida de milhares de pais e educadores pelo mundo afora. E, infelizmente, é mais comum do que você imagina.

Se você busca uma maneira para tratar esse desconforto de forma natural, quem sabe a solução seja começar a prática da Meditação Infantil? A meditação infantil para a cura da ansiedade é extremamente eficaz. Leia este artigo até o final para saber como você pode ajudar os pequeninos a desenvolver a paz interior.

O QUE É ANSIEDADE INFANTIL E COMO ELA SE MANIFESTA

A ansiedade infantil é uma sensação de preocupação, nervosismo ou desconforto e está relacionada a vários transtornos psicológicos, como fobias, transtornos de ansiedade generalizada, síndrome do pânico e diversas disfunções diretamente ligadas ao medo.

A ansiedade bombardeia a mente dos pequenos provocando irritabilidade, descontrole emocional, insônia, falta de concentração, agitação constante, desgaste mental e choros constantes.

Além dos sintomas psicológicos, a ansiedade também se manifesta no corpo físico. Alguns dos sintomas são: tremores, falta de ar, aceleração cardíaca, suor excessivo e/ou tontura.

Muitas vezes, as crianças evitam fazer alguma atividade ou ir para determinado local, pois têm receio de que determinada situação lhe cause algum desconforto advindo da ansiedade. 

Quando a ansiedade começa a se manifestar em momentos inapropriados, com intensidade e frequência, atrapalhando até mesmo suas atividades cotidianas, o problema fica ainda mais grave.

O alarmante é que muitos nem se dão conta de que sofrem desse distúrbio, por falta de conhecimento ou mesmo porque acham isso normal.  Por conta disso, esses transtornos acabam não sendo tratados.

Os sintomas de ansiedade em crianças podem até parecer normais, mas não podem ser ignorados!

Crianças passam por essa situação frequentemente em silêncio. O nervosismo originado no ambiente escolar afeta diretamente a saúde mental delas. 

Os dados das pesquisas são realmente preocupantes, de acordo com o site Saúde.abril:

“No relatório do Programa de Avaliação Internacional de Estudantes (Pisa, na sigla em inglês), os alunos brasileiros estão entre os que ficam mais estressados durante os estudos — 56% dos entrevistados relataram o problema. Nossos jovens também ocupam o segundo lugar no ranking dos ansiosos para as provas, mesmo quando se preparam.

Como o levantamento levou em conta mais de meio milhão de estudantes de 72 países, os resultados são alarmantes. A psicóloga Maria Clara Nassif, de São Paulo, diz que identificar esse abalo é fundamental. Para isso, os pais precisam ficar atentos. ‘Se‘ o aluno se esforça muito e mesmo assim não consegue ir bem, é sinal de que algo está errado’, frisa.”

Paramahansa Yogananda – O Pai da Yoga no Ocidente nos brinda com sua sabedoria: “Se ligarmos uma lâmpada de 120 volts numa linha de 2.000 volts, ela se queimará imediatamente. Analogamente, o sistema nervoso não foi feito para suportar a força destrutiva da emoção intensa ou de persistentes pensamentos e sentimentos negativos. Demorar-se, com indulgência, em pensamentos de medo, raiva, melancolia, remorso, inveja, o tempo todo, e a falta de condições para uma vida normal e feliz – tais como alimentação correta, exercícios adequados, ar puro, sol, trabalho agradável e um propósito na vida – originam moléstias nervosas.” 

Portanto, se seus filhos ou alunos sofrem com esse problema, desejamos que este texto possa ser útil para vocês.

A INFLUÊNCIA DO AMBIENTE – FILHOS ANSIOSOS

As crianças são diretamente influenciadas pelos pais e pessoas com quem convivem. Se o ambiente está cheio de nervosismo, brigas e estresse, é provável que os pequenos também desenvolvam os mesmos hábitos.

Um ambiente desequilibrado afeta a saúde mental, física e espiritual das crianças. É por isso que pais e educadores se beneficiam ao utilizar técnicas de relaxamento e respiração com seus filhos e alunos. Os adultos servem como exemplo, portanto, não devem reagir com raiva ou se zangar, mas trabalhar em conjunto com as crianças para superar as dificuldades – esse é o melhor caminho para ajudá-las. 

Como a meditação ajuda na ansiedade das crianças?

O primeiro passo para conseguir ajudá-los a vencer a ansiedade é buscar ajuda. A meditação infantil pode ser a solução que você tanto buscava!

Mas afinal, o que é Meditação?

Meditar é praticar técnicas específicas que nos ajudam a focar nossa atenção em um único ponto, com o objetivo de alcançar clareza mental, emocional e desenvolver o autoconhecimento.

Quando meditamos, nos equilibramos nos aspectos físico, mental e espiritual.  Trazemos a paz que reside em nosso interior para a nossa realidade externa e atingimos a estabilidade da mente.

Deborah Rozman, autora do livro Meditação para Crianças, apresenta três regras básicas para começar a prática:

       1. A primeira delas é que a criança não deve se sentir obrigada a praticá-la. 

  1. A segunda é que o baixinho deve meditar por pouco tempo, alguns minutos apenas. As crianças se distraem muito. 
  2. A terceira dica é que toda meditação deve seguir uma orientação de adultos, pelo menos no início.”

A meditação, com certeza, vai ajudar os pequeninos a encontrarem dentro si mesmos o equilíbrio interno e externo!

PASSOS PARA CONDUZIR A MEDITAÇÃO

  • Concentrar na respiração

Escolha um local tranquilo onde você pedirá para a criança sentar confortavelmente. Logo, diga para ela prestar atenção na sua respiração, no ar que entra e sai. Você pode conduzi-la: “Feche os olhos e sinta: o ar que entra friozinho pelo seu nariz e enche o seu peito. Depois sai, esvaziando o peito, e passa quentinho, saindo do nariz.”

  • Focar o olhar em um ponto

Peça para a criança se concentrar em algum objeto, como a chama de uma vela, um pêndulo, a fumaça que sai do incenso…  O objetivo dessa técnica de meditação é que as crianças consigam focar sua atenção em determinado objeto por certo tempo.

  • Repetir palavras ou frases

A simples repetição, contanto que não seja cansativa, já conduz a um estado meditativo. Podem ser palavras simples como alegria, paz, amor e saúde. Ou frases com um sentido bonito como: “Eu sou uma criança de luz” ou “O amor e a paz moram no meu coração”.

  • Imagens mentais

Com tom de voz suave, o adulto irá conduzir uma meditação para crianças com uma história lúdica de fácil compreensão, de forma que a prática da meditação infantil será guiada e relaxante. Por exemplo: “Deite-se e feche seus olhos. Imagine que agora você é um ursinho de pelúcia, bem molinho, que se esparrama todinho pelo chão. Sinta os pés molinhos, as pernas, a barriga, as mãos, os braços, os ombros, o pescoço e a cabeça. Tudo está molinho e esparramado”. Essa prática pode ter um fundo musical relaxante e um incenso calmante para ajudar na meditação infantil.

OS BENEFÍCIOS DA MEDITAÇÃO PARA CRIANÇAS 

  • Acalma e Tranquiliza

A meditação direciona a energia da criança para seu interior, produzindo estabilidade corporal e mental, levando-a à calma. Essa técnica produz sensação de relaxamento e tranquilidade.

  • Aumenta o vínculo afetivo

A meditação nos ajuda a acionar as qualidades da paz e do amor. Quando pais e filhos, educadores e alunos meditam juntos, além se beneficiarem com a prática, também fortalecem seus vínculos afetivos.

  • Aumenta a capacidade de concentração

A meditação contribui para o funcionamento da atenção plena. Isso faz com que o praticante se torne mais consciente e perceba o que acontece em seu mundo interno e externo. A expansão do foco aumenta o potencial de concentração durante a prática da meditação. Portanto, o praticante leva essa habilidade para a realização de suas atividades.

  • Estabelece o autocontrole e estimula o autoconhecimento

Com a aquisição da calma, concentração e tranquilidade, começa a florescer o autocontrole na criança, que inicia com a observação da própria respiração e do foco da atenção durante a prática meditativa. Com o auxílio dos familiares e educadores, a criança passa a ter mais controle de suas ações, dos atos impulsivos, de suas emoções, passando a lidar melhor com a ansiedade, raiva, tristeza ou nervosismo. Aumentando o autocontrole, a criança vai, aos poucos, desenvolvendo o autoconhecimento que é primordial para o seu amadurecimento futuro.

  • Desperta a intuição e a sabedoria

A meditação ajuda tanto as crianças quanto os adultos a fazerem escolhas e tomarem decisões a partir do seu discernimento e intuição. Somente através da paz interior, com o relaxamento da mente e do corpo, é que podemos sentir e ouvir a voz de nosso coração. Com a prática da meditação, despertamos a intuição naturalmente, como o desabrochar de uma flor.

  • Motiva a cultivar bons pensamentos

Buda já dizia: “Somos o que pensamos. Tudo o que somos surge com nossos pensamentos. Com nossos pensamentos, fazemos o nosso mundo.”

Pais e educadores podem ensinar às crianças como tornar suas vidas mais alegres com o cultivo dos pensamentos positivos. Existem técnicas de meditação que atuam diretamente nesse tópico e podem despertar, desde cedo, em nossas crianças o interesse em cuidar de seus pensamentos para que sua vida seja um reflexo do amor, benevolência, caridade, saúde, paz e prosperidade.

  1. Ajuda a acessar as qualidades da alma

Em nosso corpo físico, reside a nossa alma – plena das mais belas qualidades. O esforço da meditação diária nos auxilia a nos reconectarmos com essas qualidades. Somos seres de luz e amor. Desse modo, de forma lúdica, criativa e profunda, podemos ensinar às crianças maneiras de como acessar esse paraíso portátil interior.

  1. Incentiva o cultivo dos bons hábitos

A meditação, com fundamento no conhecimento da Yoga, tem por objetivo ajudar as crianças a compreender como podem analisar seus hábitos e transmutá-los quando preciso, cultivando, assim, os bons hábitos.

  1. Conduz o praticante a um estado de felicidade permanente

Na obra “Onde Existe Luz”, Paramahansa Yogananda diz: “A natureza da alma é bem-aventurança: um estado interior de sempre nova alegria…”

O praticante de meditação, a cada dia,  desenvolve e cultiva cada vez mais essa sempre nova felicidade, um estado de alegria duradoura, que está em seu interior independente do que aconteça à sua volta.

É claro que é necessário empenho, foco e prática para que possa ir gradativamente alcançando esse estado de bem-aventurança. Quanto mais cedo você e os pequeninos começarem, melhor será. 

CONHEÇA O TRABALHO DA INSTRUTORA DE YOGA INFANTIL – CRIS PITANGA

Se você quer começar a ensinar Yoga e meditação para crianças, nossas queridas gotas de amor e luz, conheça o trabalho de Cris Pitanga, ela é professora de Yoga e meditação há mais de vinte anos, além de ministrar o curso Como Ensinar Yoga para Crianças por todo o Brasil. 

O seu trabalho é baseado na filosofia How-To-Live, do mestre indiano Paramahansa Yogananda, que apresenta a aplicação prática da Yoga no dia a dia, contemplando todas as áreas da vida humana: o corpo, a mente, o relacionamentos com os outros, as emoções e a vida espiritual.

CONVITE ESPECIAL 

Jornada Online de 21 dias de Meditação para Pais e Educadores

É um curso online focado em pessoas que querem aprender a meditar com leveza e forma lúdica.

“ME” – Meditar para Educar – é um curso online com 21 desafios, em que você vai meditar, sentir e praticar formas criativas que podem mudar o seu olhar em relação a você mesmo e  às crianças com quem convive ou trabalha. O ME é baseado na Yoga, Mindfulness, Conceitos e Métodos Pedagógicos.

Você – educador, mãe, pai, avó, professor de Yoga, pedagogo ou psicólogo – talvez já medite ou tenha vontade de começar a meditar. É por isso que queremos lhe convidar para conhecer o “ME”:  um jeito de olhar a meditação. Meditar se torna uma preciosa ferramenta que nos ajuda a lidar com os desafios que vivenciamos com as crianças (filhos, alunos, netos, sobrinhos…) e também com as pessoas em geral.

No método “ME”, os desafios e as orientações estão publicados em uma área de membros exclusiva. Caso você perca o desafio do dia, poderá acumular desafios. Porém, a prática correta dos mesmos, criará em você uma força para adquirir uma disciplina natural e prazerosa.

Inscreva-se e participe >> https://crispitanga.com.br/jornada-de-21-dias/

Olá,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 1 =