12 Dicas Práticas para ensinar Yoga para Crianças

12 Dicas Práticas para ensinar Yoga para Crianças
5 (100%) 1 vote

Atualmente, está crescendo o interesse e a divulgação em Yoga para crianças. No entanto, aqueles que sentem um chamado interior para levar Yoga aos pequenos nem sempre sabem como trabalhar com crianças e sentem que precisam aprender a como lidar com elas.

O professor de Yoga, por exemplo, normalmente começa a trabalhar com adultos –  que estão sedentos pela prática, devido à correria diária e não veem a hora de chegar na aula  para ficar em silêncio, acalmar e relaxar. Muitas crianças também têm essa mesma vontade, mas, em sua natureza, as crianças precisam de movimento. Com isso, como podemos trabalhar com elas – já que o mundo infantil é totalmente diferente do adulto?

É muito comum não precisarmos fazer muitas mudanças na sequência da aula que decidimos ministrar quando estamos trabalhando com adultos.  É claro que pode acontecer de mudarmos algo do que planejamos em função das necessidades da turma, mas frequentemente a aula elaborada segue seu planejamento inicial.

Porém, quando trabalhamos com as crianças, temos que ter um conjunto de técnicas e atividades que possam nos auxiliar no momento em que estamos com elas. Dessa forma, quero te convidar a fazer uma análise de um conjunto de aspectos sobre o trabalho com as crianças. Para isso, elaborei algumas dicas para aqueles que estão decidindo adentrar neste universo enriquecedor que é a Yoga para Crianças.

DICA 1 – PREPARE-SE

como-praticar-yoga-para-criancas

É de suma importância que o professor aprenda formas lúdicas de levar a Yoga para as crianças, para que possa envolvê-las na prática. As técnicas vão lhe dar uma sensação de segurança para começar um trabalho tão especial como o ensino da Yoga para os pequenos.

Conhecer formas diferenciadas de trabalhar tanto as posturas, as respirações e os relaxamentos,  quanto os conceitos e a filosofia da Yoga – tudo isso vai ajudar a oferecer para as crianças uma série de ferramentas para que elas possam lidar com os desafios de sua vida.

DICA 2 – PLANEJE COM UM OLHAR ATENTO

dicas-praticas-para-praticar-yoga-para-criancas-02

Todos sabemos que as crianças não são tão silenciosas e concentradas quanto os adultos. É possível que o que planejamos não aconteça exatamente como idealizamos. De qualquer forma,  planejar cuidadosamente a aula nos permite ter uma série de recursos que podem ser utilizados com uma turma, mesmo que não seja na exata sequência que pensamos.

Por outro lado, podemos ter turmas em que  tudo o que planejamos flua de maneira segura e natural.

Não importa como são nossas turmas, se elas são do tipo mais dinâmico, onde sempre temos nossa criatividade sendo colocada à prova, ou se temos turmas em que conseguimos usar tudo o que planejamos de forma fluída e tranquila.  O importante é sempre parar e fazer um planejamento. Assim, com nosso olhar atento às peculiaridades de cada turma, seremos capazes de melhorar a cada dia nossa atuação como professores de Yoga para crianças.

DICA 3 – FLEXIBILIDADE

Quando planejamos, aprendemos novas formas de atuação e, assim, ficamos mais seguros e livres para deixar que os alunos nos inspirem com novas ideias e para fazer mudanças conforme as necessidades de um determinado grupo. Dessa forma, vamos aprendendo o quanto a flexibilidade pode dar lugar a um trabalho prazeroso, em que exista um equilíbrio entre o trabalho que queremos desenvolver  e a participação da criança. Vale afirmar que o professor deveria desenvolver a capacidade de acolher e estimular a participação e também de aceitar as ideias e sugestões que as crianças possam oferecer.

DICA 4 – A IMPORTÂNCIA DO RITMO

meditaca-e-yoga-para-criancas

Há vários aspectos pedagógicos que são valiosos em nosso trabalho de Yoga para crianças, mas o ritmo é essencial. Quando o professor aprende a ter um ritmo em sua aula, as crianças se sentem mais seguras e seu trabalho também fica mais organizado. O ritmo é a capacidade do professor em planejar sua aula de forma que as crianças se sintam bem e acolhidas naquele ambiente.

O ritmo pode ser marcado pela forma como organizamos a turma, desde como começamos a prática, executamos as posturas e como finalizamos a aula. Muitos alunos aprendem uma série de atividades que podem utilizar no trabalho de Yoga para crianças, mas, muitas vezes, eles não sabem como planejar seguindo um ritmo, o que pode gerar insegurança e dispersão nas crianças.

DICA 5 – O LUGAR DA CRIANÇA

como-praticar-yoga-com-criancas-e-jovens

Os alunos adultos, com quem o professor de Yoga está mais acostumado, geralmente estão focados na aula. Porém, nossos pequenos nem sempre querem participar. Temos que ficar atentos para entender e aceitar o lugar da criança. Esse lugar em questão pode ser um sentimento, uma emoção, alguma situação ou um problema que possa fazer com que ela não queira participar.

O importante é desenvolvermos nossa acuidade em perceber o que está acontecendo com a criança. Ela pode estar cansada, pode ter se desentendido com alguém antes da aula, pode estar com fome, enfim, algo pode ter acontecido e  a criança chega sem vontade de participar.

Como as crianças são intensas e não guardam o que sentem, nós precisamos aprender a lidar naturalmente com essas questões, seja através de nossas atitudes regadas por paciência, calma e criatividade ou através de alguma atividade que possa despertar o interesse delas.

É valioso termos  atividades disponíveis que possam despertar a vontade da criança em participar. Precisamos sempre nos lembrar de que a criança aprende Yoga não apenas praticando posturas e outras técnicas, mas também através de nosso exemplo.

No trabalho de Yoga para  crianças, temos a oportunidade de vivenciar atividades que vão além de incentivar a participação. Elas ajudam a criança entender que Yoga é muito mais  do que a execução de posturas ou asanas, a Yoga você leva para sua vida.

DICA 6-  SABER ACEITAR

meditar-yoga-com-criancas-e-jovens

A aceitação da criança é um quesito muito importante em nossa relação com os pequenos, pois a partir da aceitação, seja do comportamento como do sentimento da criança, podemos fazer intervenções positivas e acertadas. Esse processo de aceitação é desenvolvido em nosso próprio interior. Nossas práticas diárias de meditação e Yoga vão nos ajudar a desenvolver essa habilidade.

DICA 7 – ATIVIDADES DIFERENTES E CRIATIVAS

brincadeiras-criativas-criancas-cris-pitanga

 

Os professores com os quais venho trabalhando se encantam com a Yoga para criança porque é muito envolvente e especial.

Nossa atuação deve ser sempre motivada a levar para as crianças histórias que encantem, músicas, brincadeiras, atividades diferentes e criativas, que despertem nelas a vontade de praticar Yoga, que tenham um olhar profundo em relação aos conteúdos de uma ciência tão sagrada e milenar.

Como fazer isso? Como levar para as crianças esse algo a mais, ou seja, a profundidade da Yoga?

Todas as técnicas e conhecimento da Yoga são transmitidos de uma forma lúdica e divertida, com momentos permeados de magia e de surpresas. Tudo isso encanta a criança!

O importante é que esse conjunto de ferramentas não seja focado apenas em oferecer aos pequenos divertimento e alegria que apresentem apenas elementos externos, mas proporcionar-lhes um conjunto de atividades e vivências criativas e divertidas, que os ajudem a saborear de forma prática os conceitos e a filosofia da Yoga. Dessa forma, eles despertam o interesse em aplicar o que aprenderam.

Cada educador que atua nessa área, portanto, tem uma oportunidade maravilhosa de levar aos jovens iogues uma luz, uma sugestão, uma vivência e, quem sabe, uma solução para questões que estejam vivenciando.

DICA 8 – LIMITE  CLARO

As crianças, de uma maneira geral, querem alguém que lhes dê limites. O limite oferece uma enorme sensação de segurança. Assim, você pode, através de suas próprias práticas de Yoga e meditação, despertar a intuição e o discernimento para lidar com as crianças de maneira que possa ajudá-las a entender melhor as regras os combinados em determinada atividade ou situação.

DICA  9 – AJUDAR A CRIANÇA NA ARTE DE VIVER

curso-como-ensinar-yoga-para-criancas

Certa vez, em uma de minhas aulas, fizemos um joguinho que nos ajuda a perceber o nosso mundo interior e principalmente a calma que existe dentro de nós. Nesse dia, uma menina, chamada Maria, de nove anos de idade, disse para mim: “Professora, eu sempre tive muita dificuldade de me concentrar, ainda não estou ótima, mas melhorei muito, pois me concentro mais… Eu também tenho aprendido como me comportar melhor. Lembro que você disse que, quando mudamos, as coisas à nossa volta mudam também. Gostaria de dizer que eu estou acreditando nisso. Obrigada, professora.”

No momento em que ouvi essas palavras de Maria, com profunda alegria em meu coração, cheguei à conclusão de que a proposta da Yoga para crianças é um maravilhoso caminho para ajudá-las na arte de viver. Assim, o professor, que procura ajudar a criança a fazer sempre um link entre o que aprende na Yoga com sua vida prática, estará ajudando a mesma  a lidar com as situações de seu dia a dia.

DICA 10 –  BUSCAR O APERFEIÇOAMENTO

professor-de-yoga-para-criancas-cris-pitanga

Talvez você já tenha tido a seguinte sensação: “Gostaria de fazer algo diferente em minhas aulas…” Atrair atenção de uma criança exige, além da técnica, uma postura emocional equilibrada. Buscar o aperfeiçoamento é uma ação valiosa. Seja pelo estudo individual ou por meio de cursos, o professor poderá aprender novas ferramentas para trabalhar com as crianças, como também ter um novo olhar sobre si mesmo. Muitas situações de sala de aula podem ser melhoradas quando o professor muda o seu jeito de lidar com os pequenos e trabalha com atividades criativas e atraentes.

O professor de Yoga para criança deve sempre estar empenhado em estabelecer uma rotina que envolva Hatha Yoga e meditação. Essas práticas despertam sabedoria, intuição e criatividade para lidar com cada turma e aluno com que trabalha.

DICA 11 –  AUTOESTUDO

Conhecer a nós mesmos, saber como e por que temos determinadas reações, tudo isso nos ajuda a entender os pequenos iogues e a praticar qualidades como a capacidade de aceitação e a paciência, que são essenciais para lidar com eles.

DICA 12 – AS CRIANÇAS NOS AJUDAM A CRESCER

criancas

As crianças são muito sábias, honestas e, muitas vezes, sentem e percebem como estão as pessoas à sua volta. Elas são muito focadas no momento presente, assim, costumam ser intensas ao expressar suas percepções. Com isso, nos ajudam a perceber nossas falhas e imperfeições.

Quando nos colocamos como aprendizes,  reagimos às diversas situações com equanimidade e equilíbrio. E, quando percebemos o momento e  o que exatamente estamos precisando, pedimos ajuda e apoio para administrar as diferentes situações que possam surgir em nosso relacionamento com as crianças. Assim, vamos aprendendo a lidar com as reações e os comportamentos dos pequenos.

 

CONCLUSÃO

Comecei a dar aulas para crianças, achando que elas deveriam aprender de modo similar ao dos adultos. Um dia, eu estava com oito meninas em meu espaço de Yoga. Enquanto eu procurava meu caderno, as meninas pegaram minha canga, que era amarela, e a canga de outra criança, que era azul. Com as cangas, elas montaram um céu com um sol e disseram para mim: “Professora, como nós vamos saudar o sol sem o sol? Agora, sim, temos o céu e o sol e podemos saudá-lo!”

Foi nesse dia que tive um click. Despertei e pensei: “preciso parar tudo e mudar minhas aulas…” Eu realmente parei  e fiz uma grande descoberta: tenho que ter um método criativo. Logo que cheguei em casa, muito motivada pela nova descoberta,  já comecei a reformular minhas aulas, para que elas se tornassem mais atraentes e criativas para as crianças.

Dessa forma, quero fazer um convite para você: em meu site, há várias dicas  que você pode utilizar em seu trabalho. Para saber mais sobre os benefícios da Yoga para crianças, você pode adquirir o meu ebook.

O livro “Yoga com Música”, que está disponível na livraria e editora Omnisciência, oferece músicas, pequenas histórias e uma série de posturas para que você possa trabalhar com os pequenos. No site dessa editora, você também poderá encontrar o meu novo livro chamado “Descubra o iogue que existe em você”, destinado a crianças que saibam ler e escrever.

Ensinar Yoga para crianças é realmente uma grande oportunidade e um  presente! Caso você esteja sentindo vontade de iniciar essa prática com seus filhos ou alunos, eu recomendo que comece seus estudos nessa área.  Pode ser um pouco intimidante para alguns, mas, ao adicionar dicas e sugestões em sua caixa de ferramentas, você vai gerando confiança e segurança. É bom lembrar que, durante a caminhada, nós aprendemos a cada dia.